• Campanha sociosb

  • Campanha sociosd

  • Campanha sociosc

Imprimir

Protocolo SMAgraço - CPPME

Escrito por CPPME. Publicado em Informação

CPPME assina «Protocolo de Colaboração» com Município de SOBRAL DE MONTE AGRAÇO!

SMA-0

Na passada terça-feira, dia 6 de Dezembro de 2016, pelas 18H00, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço, teve lugar o acto de assinatura do «Protocolo de Colaboração» entre a CPPME e esteMunicípio.

SMA-1

Na mesa estiveram; peloMunicípio o seu Presidente José Quintino e o Vice-Presidente Sérgio Bogalho; pela CPPME o seu Presidente João Vicente e o Vice-Presidente Jorge Pisco. De assinalar que assistiram ao acto empresários do concelho, de vários ramos de actividade. 

SMA-2

Antes da assinatura do  «Protocolo de Colaboração» usaram da palavra os dois presidentes, sendo que nas suasintervenções  esteve presente  o objectivo principal desta parceria, e que o protocolo refere, ou seja “Da convergência de esforços entre o Município de Sobral de Monte Agraço e a CPPME resultarão vantagens, potenciadoras de um desenvolvimento local e regional integrado, no que concerne à valorização do tecido empresarial do concelho, bem como ao crescimento económico e à criação de emprego”.

SMA-3

JUNTOS SEREMOS MAIS FORTES!

Imprimir

Assembleia Geral - 14 Dezembro - da CPPME

Escrito por CPPME. Publicado em Informação

CONVOCATÓRIA

Convoco a Assembleia Geral da Confederação Portuguesa das Micro, Pequenas e Médias Empresas - CPPME, a reunir no próximodia 14 de Dezembro de 2016, (quarta-feira), com início às 15.00 horas,na Praça da República, N.º 12, Seixal, com a seguinte,

Ordem de Trabalhos:

Ponto 1:  Apreciação e deliberação sobre a Proposta de Plano de Actividades para o ano de 2017.

 

Ponto 2:  Apreciação e deliberação sobre a Proposta de Orçamento para o ano de 2017.

Ponto 3:  Diversos.

 

Seixal, 16 de Novembro de 2016

A Presidente da Mesa da Assembleia Geral

Maria Clementina Morgado Henriques

 

NOTA: Conforme o n.º 1 do art.º 13.º dos Estatutos, se à hora designada para a reunião não se verificarem as presenças previstas estatutáriamente, a Assembleia – Geral reunirá meia hora mais tarde com qualquer número de associados.

Imprimir

Nota Imprensa - Nov16

Escrito por CPPME. Publicado em Informação

A CPPME lutou e conseguiu!

A reunião da Direcção da Confederação Portuguesa das Micro, Pequenas e Médias Empresas (CPPME), do dia 30 de Novembro de 2016:

  1. Analisou a situação económica e social dos Micro, Pequenos e Médios Empresários (MPME);
  1. Aprovou as propostas de Plano de Actividades e Orçamento para o ano de 2017, a apresentar à Assembleia-Geral, do dia 14 de Dezembro de 2016.

Por outro lado, dado que a reunião teve lugar um dia após a Assembleia da República ter procedido à votação final global do Orçamento de Estado para 2017, a CPPME considera que, em resultado da acção reivindicativa e institucional da Confederação e de outras estruturas de MPME, foi possível obter algumas importantes vitórias, que ficaram consagradas no OE/2017, designadamente:

  1. A redução do Pagamento Especial por Conta (PEC) perspectivando a sua definitiva eliminação em 2019, iniciando em 2017 com a redução de 1 000 euros para 850 euros. PEC que será substituído por um regime adequado de apuramento da matéria colectável;
  1. O ficheiro SAF-T (PT) será enviado até ao dia 20 do mês seguinte ao da emissão da factura;
  1. A manutenção da redução da taxa do IVA da restauração para 13%, no ano de 2017;
  1. A redução da taxa do IRC de 17 para 12,5%, até aos primeiros 15 mil euros de matéria colectável, sobre as micro, pequenas e médias empresas, quando exercerem a sua actividade no interior do país;
  1. Foram aprovadas medidas para baixar a factura energética na electricidade, no gás e gás de botija das empresas.

Entretanto, o OE/2017 não contemplou outras medidas de grande importância para as MPME, como seja: uma conta corrente entre o Estado e as empresas; as auditorias obrigatórias por TOC/ROC; alteração ao IRC/RS; ou, o IVA de Caixa.

A CPPME considera que terá de continuar a sua intervenção e pressão para que algumas destas medidas sejam efectivamente concretizadas, bem como muitas outras que ainda não foi possível fazer aprovar.

A CPPME insiste na necessidade do Governo definir um Plano Estratégico de Desenvolvimento Nacional aproveitando os recursos do país, suportado por medidas de estímulo fiscal às micro, pequenas e médias empresas, força impulsionadora e imprescindível para o crescimento do mercado interno e externo, assim como da economia nacional.

Seixal, 30 de Novembro de 2016

Imprimir

ACORDO - JFMPortela - CPPME

Escrito por CPPME. Publicado em Informação

CPPME assina Acordo de Cooperação com Junta de Freguesia de Moscavide e Portela

Na passada segunda-feira, dia 28 de Novembro de 2016, pelas 15H00, na sede da Junta de Freguesia de Moscavide e Portela, a CPPME e a Junta de Freguesia de Moscavide e Portela assinaram um Acordo de Cooperação.

Protocolo-JFMPort.-CPPME1

Ao acto compareceram, assinando o Acordo: o Eng.º João Vicente, Presidente da Direcção da CPPME; e, a Dr.ª Manuela Dias, Presidente da Junta de Freguesia de Moscavide e Portela.

Ambas as entidades partem do conceito de desenvolvimento local e regional que deve passar, em primeiro lugar, pela possibilidade de operacionalizar novos modelos de organização, em que os principais agentes de desenvolvimento públicos ou privados actuam de forma integrada face aos objectivos comuns que os animam.

Sendo que a Freguesia de Moscavide e Portela tem um tecido empresarial onde predominam micro e pequenas empresas das áreas do comércio, restauração e serviços . Estas empresas e os seus empresários representam uma classe com enorme peso na economia local e regional e na criação de emprego.

Protocolo-JFMPort.-CPPME2

O Acordo de Cooperação agora assinado tem a finalidade de aproximar os agentes económicos, especificamente os Micro, Pequenos e Médios Empresários (MPME), no quadro do desenvolvimento local e regional.   

A CPPME propõe-se representar junto dos órgãos institucionais competentes os interesses dos micro, pequenos e médios empresários dos diversos ramos de actividade da Freguesia de Moscavide e Portela, nas suas justas e legítimas aspirações e reivindicações, bem como apoiar o desenvolvimento local e regional, a formação profissional e a constituição de parcerias potenciadoras de sinergias conducentes à criação de emprego e ao desenvolvimento económico, social, cultural e ambiental.

A CPPME e a Junta de Freguesia Moscavide e Portela  comprometem-se em parceria realizar um conjunto de acções, colóquios e seminários, que abordem e reflictam sobre as questões relativas à actividade das MPME a operar na área da Freguesia de Moscavide e Portela.